Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Monotonia Procuro.

Uma luz.

Um sentido.

Um pedaço de sensatez no destino.

Procuro com as mãos dentro da água

suja da banheira

onde me deito, me refugio

a tremer, as mãos a cobrirem-me o ventre nu.

Murmuro poesia como uma ladainha sagrada.

Espero que ela me cubra como a água quente

e me salve de mim mesma.

Silêncio.

Vozes no silêncio.

Que exigem.

Exigem de mim uma decisão,

um ponto final numa estória arrastada demais.

Tapo os ouvidos.

Aqui ninguém me pode alcançar.

O processo de cura é solitário.

Solidão.

Silêncio.

E eu.

Nua. Na banheira.

Sem um sentido para dar

aos dias que rasgam a monotonia do destino.

 

Publicado por Fairy_morgaine em setembro 15, 2004 12:22 AM

transmite o que sinto nest momento...e o pior é q ñ é apenas 1 decisão...são várias q s andam a arrastar...e continuo a sentir-me descartável...e profundament só...

publicado por 994marie1904 às 18:34


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26

28
29
30
31