Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

Os Teus olhos não me largam

e confundem-me os sentidos

todos os sentimentos contidos

Há muito que as Tuas palavras não entravam.

 

Afastei-me de Ti

Fugi, como quem foge do confronto.

E perdi-me nos meus pontos

que me deixaram assim...

 

...com medo do que sou

e do que Tu representas.

A lembrar de como tudo começou,

No fundo, nas tormentas.

 

Os meses passaram,

Tu não desististe

e com subtileza conseguiste

trazer-me de volta para os que já não contavam.

 

A minha luta

só tem sentido se estiveres,

para me veres colher a fruta

dos Teus imensos poderes.

 

A Tua luz

cativou-me novamente,

como da primeira vez, ternamente

o Cristo que seduz.

 

Fragilidades

eu tenho, nós temos, todos têm,

tornam-se fortaleza quando não se contêm

E deixamos sair a verdade.

 

A Tua face exerce o efeito de espelho para mim

a minha alma retrai-se.

Hesito, mas por fim não resisto

e deixo o Espírito reflectir o que de melhor me dás de Ti...

publicado por 994marie1904 às 17:08


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31