Segunda-feira, 06 de Julho de 2009

A solidão pode ser traiçoeira...

Desde cedo que desejo ter a minha independência... e com os vários problemas que agitaram a minha infância e atormentaram a minha adolescência comecei a ver-me com um futuro de solidão. Dito desta maneira parece algo mau de uma pessoa infeliz e sem os ditos objectivos de vida que a sociedade nos propõe.

Mas o meu futuro de "solidão" para mim seria mais um futuro de independência e de felicidade por finalmente poder ouvir os meus pensamentos e não a vida dos outros a sobrepor-se à minha.

A verdade é que nunca quis casar-me, e se essa opção surgiu no meu pensamento quando tinha namorado foi colocada totalmente de parte quando nos separámos.

Houve alturas da minha vida e ainda hoje há em que tenho necessidade de me isolar, às vezes tenho tantas coisas na cabeça que simplesmente não consigo descontrair; e isolar-me em casa, no meu quarto, outras vezes fora de casa sempre foi a minha maneira de apziguar os ânimos no "meu Mundo"...mas sempre sozinha...

Passei os últimos dois dias sozinha em casa, e isolada do mundo. Digo isto porque no lugar onde estou a morar não conheço muita gente e por isso só saio de casa para ir para a faculdade ou para ir às compras. Tive a casa só para mim,e ao início foi bastante libertador. Conseguia ouvir-me a mim mesma e conseguia concentrar-me no que tinha para fazer...Podia fazê-lo sem ninguem a ver, sem ninguem a controlar a não ser eu mesma.Ao fim de dois dias sinto vontade de falar com alguém que não comigo mesma... Porque nestas alturas acabo por isolar-me de tudo e de todo o Mundo que existe fora destas paredes, fora da bolha de ar que criei...

A solidão que tanto ansiava, ao longo de algum temppo sufoca-me e tira-me a vontade de fazer as coisas a que me tinha proposto. Mas quando estou realmente rodeada de gente e não me sinto bem só me apetece voltar para a minha bolha de ar (ou como costumo chamar-lhe "O meu Mundo").

Quando estou prestes a sair para voltar a enfrentar o que está lá fora sinto que tenho tantos segredos, tantos factos sobre mim que não quero que ninguem veja...chega a assustar-me. Dou por mim a desejar que estivesse sozinha a fazer tudo porque não teria que mostrar certas características minhas. Sempre me orgulhei de dizer que nunca me importei com o que os outros achavam de mim,e de facto não é esse o meu medo... é imaginar o que pensaria se fosse eu que estivesse do lado de fora.

Apesar de tudo isto a solidão tem-me ajudado, acho. Pelo menos tenho conseguido atingir os objectivos a que me tenho proposto ao longo do meu caminho, e neste momento nem me passa pela cabeça desistir...Pelo menos eu não me permito a esse sentimento;sou realista, estou cansada, farta de estudar e com a sensação que tudo isto pode correr muito mal mas como costumo dizer, não posso dar-me ao luxo de me preocupar se estou cansada ou se o que mais me apeteceria fazer neste momento era um dia de praia. Ou mesmo se estas dores de cabeça passariam se eu me desse ao trabalho de relaxar durante uns dias. Porque o importante neste momento é estudar, tudo o resto é relativo e supérfluo.Tudo o que eu possa sentir ou ter vontade de fazer é secundário e poderá ser resolvido, quem sabe, quando acabar este tempo. O que eu quero dizer com isto tudo é que o que eu quero é relativo porque o que eu TENHO que fazer já está planeado e tem de ser feito.

Na verdade continuo a imaginar-me sozinha no futuro, talvez por egoísmo, nem a minha família nem os meus amigos mais chegados eu inclua, ou talvez por saber que pelo menos os meus amigos, por mais próximos que sejam vão acabar por seguir as suas vidas sem sequer olhar para trás... e apenas longos anos mais tarde se vão recordar com nostalgia alguém que conheceram há muitos anos atrás. Será que o facto de me imaginar sozinha faça com que eu afaste as pessoas de mim?? Talvez....

Só sei que apesar de tudo, gosto desta solidão...

 

publicado por 994marie1904 às 01:40


mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31