Segunda-feira, 12 de Setembro de 2011

-Está tudo bem.- digo eu. Mas devo dizê-lo com pouca convicção porque ninguém acredita quando o digo. E não me apetece falar com ninguém; e não, não estou cansada. Pelo menos não fisicamente, não sei o que se passa porque não me parece que tenha razões para estar assim.

Mas a verdade é que me sinto letargica, exaurida e só me apetece desaparecer. Desaparecer de mim, ficar só o corpo e o resto evaporar...

Tento convencer-me a mim mesma que está tudo bem para depois tentar convencer os outros que de facto não se passa nada, mas não consigo... e nem sequer há razões para eu estar assim, deste jeito. Depois tento convencer-me a mim mesma que deve ser só cansaço mas cansaço de quê se tenho dormido tantas horas por noite??? Não tenho dormido bem mas sono não é coisa que tenha. 

- Estou só cansada.- é tudo o que tenho a dizer quando as pessoas me dizem que não pareço bem. As férias estão a acabar e quero muito ir-me embora e ao mesmo tempo não quero. Preciso sair desta rotina, voltar à rotina da faculdade a ver se me animo mas ao mesmo tempo quero e preciso de trabalhar a ver se tenho maior margem de manobra quando for para a faculdade.

Quero estar sozinha e vejo-me rodeada de gente o dia inteiro, e quando consigo estar sozinha nunca é o sítio ideal e continuo com esta sensação de insatisfação que me acompanha, de que algo está mal ou algo muito em breve vai correr mal... Não é que me assuste porque já me aconteceu antes... É o não perceber porque é que estou assim que me irrita profundamente.

 -Estou bem, não preciso de nada e não quero conversar.- Será que se disser isto as pessoas não vão ficar chateadas comigo? É provável que no mínimo fiquem desconfiadas que de facto se passa alguma coisa mas nem eu sei explicar a mim mesma o que se passa quanto explicar aos outros???

 E penso no que faria se não estivesse a trabalhar como se fosse isso que me deixa assim, mas chego à conclusão que se não estivesse aqui estaria no sofá de casa e seria a minha mãe a perguntar-me o que se passa comigo. Perguntar-me-ia se discuti com alguém ou estou chateada com alguma coisa e eu mais uma vez iria irritar-me porque não se passa nada... 

Se eu pudesse sair daki, chego à conclusão que não iria a lado nenhum, ou pelo menos não iria sem este peso, sem este vazio, sem esta coisa que nem sei como lhe chamar... 

 

Sinto-me vazia...

 

"Nasce não sei onde, chega não sei como e dói não sei porquê..."

publicado por 994marie1904 às 11:39


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30